Como enfrentar dificuldades?

Os desafios fazem parte da vida de todos nós, em diferentes níveis, e se existe uma certeza é de que sempre os teremos, por vezes aqueles mais cotidianos, por vezes grandes testes de resiliência.

Dias atrás assisti um vídeo do Papa Francisco falando sobre o assunto. De uma forma breve ele resumiu como encará-los:

  1. Não desesperar, ficar tranquilo;
  2. Buscar uma maneira de vencer, de superar, e se não conseguir, suportar o desafio, até que surja uma possibilidade de superar;
  3. Nunca , jamais se assustar diante de uma dificuldade, nós somos capazes de superar todas, precisamos somente de tempo para compreender, inteligência para buscar o caminho e coragem para seguir em frente

Maior controle mental

O que o Papa disse não é nada mais nada menos que uma estratégia para que tenhamos um maior controle mental.

O que realmente pode fazer a diferença na nossa vida de forma positiva ou não, é o controle dos nossos pensamentos.

Religiões como o Budismo, Taoísmo e Hinduísmo tem a ideia de que não existe motivo para pré-ocuparmos a mente com o que ainda não ocorreu, e nem sabemos em muitos casos se irá ocorrer ou não.

O fato é que seguimos com a cabeça no futuro, no que pode acontecer amanhã, semana que vem, mês que vem…

A conta que tenho que pagar, a discussão que posso vir a ter no trabalho ou em casa…

Esses ruídos mentais tiram a energia que é vital para que possamos focar e realizar no momento presente.

como-resolver-problemas-artigo

Existem estudos sobre pessoas que tiveram momentos muito desafiadores na vida e deram a volta por cima, e em todos os casos existiu uma energia, disposição e vontade fora do comum para essa virada.

Como buscar essa energia?

Existem várias maneiras, uma delas é utilizar memórias de momentos da vida onde tivemos esse tipo de disposição e vigor.

Se nos permitirmos reviver mentalmente esses momentos, teremos a mesma sensação física e mental.

Costuma-se dar o exemplo de um limão quando se fala em Hipnose, para imaginarmos que estamos partindo um limão bem ácido e colocando uma fatia inteira na boca, e normalmente só de pensar as pessoas salivam.

O que isso significa?

Que um estímulo visual na memória reflete fisicamente, salivar é um estímulo físico.

Se conseguimos salivar pensando em um limão que não está presente fisicamente, conseguimos também reviver todas as sensações físicas e emocionais de um momento de realização, dessa forma adquirindo os recursos para transformar pensamento em ação, e ação em realidade.

limao-hipnose-pnl

Os acontecimentos, desafios e até mesmo tratamento que recebemos só tem poder de nos afetar se permitirmos.

Ninguém é capaz de te magoar, por exemplo, se você não permitir.

Nenhum desafio, por maior que seja pode ter o poder de “pré-ocupar” a mente de forma a se transformar em estados emocionais negativos, a não ser que você permita.

Assim como qualquer pessoa, tenho diversos desafios, e em alguns momentos permito que essa “pré-ocupação” se instale, o que na realidade só atrapalha.

O interessante é que a partir do momento em que nossa atenção se volta para esse fato, passamos a perceber o poder que temos de controlar a mente.

Percebendo isso, automaticamente tendemos a diminuir os ruídos mentais, tranquilizando a mente e conseguindo assim agir estrategicamente como no exemplo do início do texto, do Papa Francisco.

controle-mental

A dica é que tenhamos cada vez mais essa percepção de que o controle é nosso, e não do outro ou dos acontecimentos que possam surgir.

Treine sua mente e tenha uma melhor qualidade de vida, dessa forma enfrentando eficazmente teus desafios.

Como diz a frase popular “Se você não controlar a sua mente, alguém vai”.

Um forte abraço e realizações!